Um Novo Modelo de Educação

A FGV/EESP desenvolveu um modelo inovador de educação, criando um 'ambiente de aprendizagem” em que o ensino tradicional (transmissão oral/verbal) é complementado por um conjunto de atividades voltadas para a prática, experimentação e incorporação permanente de conhecimento como parte de sua capacidade e habilidade mental.

Assim, o papel da Escola ultrapassa o de uma entidade de ensino tradicional. O aluno não é apenas um cliente que assiste aulas e lê textos obrigatórios para obter o diploma de um curso. Ao contrário, a Escola é um ambiente de aprendizagem e de formação do jovem, onde o objetivo das aulas é o desenvolvimento pessoal do aluno através da incorporação do conhecimento e principalmente da capacidade de utilizar este conhecimento.

O aluno é um elemento ativo num processo que envolve aprendizagem, experimentação e práticas, a fim de reinventar o conhecimento. Isto significa que, além das aulas, em que o aluno retém uma parcela pequena do conhecimento, ele também irá participar de um conjunto de atividades cujo foco é a aprendizagem, a experimentação.

Este processo se baseia em atividades realizadas em laboratórios, incentivando a pesquisa, o debate e a resolução de exercícios, problemas e casos reais. O aluno irá enfrentar situações em que desenvolverá o raciocínio lógico e crítico, aprimorando sua capacidade de aprendizagem.

Assim, para formar um profissional com excelência, não basta a garantia do perfeito domínio da competência técnica, mas é fundamental dar ao aluno uma formação calcada no compromisso nacional, no exercício da liderança, na ética e na orientação humanista.

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede