A ênfase de Engenharia Financeira envolve a aplicação de ferramentas e métodos de finanças, matemática, física, computação, economia e econometria, à solução de problemas de interesse em gestão de carteiras/investimentos, gestão de riscos e consequentemente em apreçamento e hedging de instrumentos derivativos, trading, produtos estruturados e alocação de ativos, entre outros temas correlatos.

Esta ênfase possui as seguintes especializações (ou sub-ênfases):

Fim do processo seletivo: 
sexta-feira, 31 Maio, 2019
  • Gestão de Carteiras

    Portfolio Management

    • O foco desta especialização é a construção e análise de carteiras de investimentos, para atender objetivos determinados por indivíduos ou fundos de investimentos, com base (por exemplo) em modelos de otimização, negociação e ALM (Asset and Liability Management), dentre outros, usando ferramentas estatísticas, computacionais e econométricas.

      Disciplinas obrigatórias específicas da ênfase: Otimização e Performance, Modelos e Técnicas de Trading, Assets and Liabilities Management, e Engenharia de Produtos.

  • Gestão de Riscos

    Risk Management

    • O objetivo desta especialização é trabalhar com a identificação, mensuração, gestão de riscos dos mercados financeiros e de capitais, por meio de ferramentas de simulação e de análise quantitativa, permitindo que o profissional saiba avaliar e desenvolver modelos para sua empresa, para determinado instrumento ou ativo financeiro especificamente.

      Disciplinas obrigatórias específicas da ênfase: Simulação Aplicada a Finanças, Risco de Mercado e Liquidez I, Risco de Crédito e Contraparte, e Aspectos Regulatórios.

  • Data Science

    Ciência de Dados em Finanças

    • Ciência de Dados pode ser definido como um termo utilizado para agrupar técnicas de análises e de desenvolvimento de sistemas computacionais capazes de produzir resultados cada vez melhores, à medida em que conseguem acumular experiência por meio da observação de dados. A proposta desta ênfase é explorar os métodos e técnicas existentes no campo de pesquisa interdisciplinar coberto pela Ciência de Dados, com foco em aplicações em finanças, de forma a capacitar o profissional a conduzir o desenvolvimento, a implantação e a entrega de soluções de problemas de negócio.

      Disciplinas obrigatórias específicas da ênfase: Fundamentos de Machine Learning, Data Analytics, Técnicas de Inteligência Computacional I, Técnicas de Inteligência Computacional II.

  • Cryptofinance

    Criptofinanças

    • O surgimento de criptomoedas, como, por exemplo, Bitcoin, Ripple, Litecoin, dentre outras, e o desenvolvimento de aplicações com base no Blockchain vem revolucionando as estruturas e operações no mercado financeiro, e as relações econômicas de diversos setores de negócios de forma a ampliar a eficiência e segurança das transações. A proposta desta ênfase é estudar e aplicar as novas tecnologias de criptofinanças, que vem causando disrupções na maneira de se trabalhar nos mercados, e aprofundar o conhecimento nos novos paradigmas de negócios que surgiram recentemente, voltado em especial para o mercado financeiro e de capitais.

      Disciplinas obrigatórias específicas da ênfase: Criptofinanças, CriptoEconomia, Laboratório de Criptofinanças e Criptoeconomia, Cyber Security.

Vídeo do coordenador

Ênfases da Engenharia Financeira: Data Science e Criptofinanças

  • Estrutura do Curso

Receba as notícias da FGV EESP